A Crise Econômica Mundial, a Globalização e o Brasil

O livro reúne um conjunto de ensaios sobre a crise econômica mundial, processo de globalização e sua repercussão no Brasil. A apresentação é do cientista social José Paulo Netto, o prefácio é do cientista político Milton Pinheiro e orelha fica por conta do economista Plínio de Arruda Sampaio Jr.

O livro reúne um conjunto de ensaios sobre a crise econômica mundial, processo de globalização e sua repercussão no Brasil. A apresentação é do cientista social José Paulo Netto, o prefácio é do cientista político Milton Pinheiro e orelha fica por conta do economista Plínio de Arruda Sampaio Jr.
O livro é um conjunto de ensaios publicados em periódicos nacionais e internacionais, revistas acadêmicas e alguns artigos inéditos. Mas todos estão intercalados ao tema central, formam um conjunto consistente. O livro está dividido em três partes: a primeira aborda a crise sistêmica global e procura contribuir teoricamente sobre o entendimento desta crise, que é inteiramente diferente das crises cíclicas comumente verificadas no sistema capitalista. A segunda parte aborda a questão da globalização e também procura abrir um debate sobre a questão do imperialismo atual, que é bastante diferente do período em que Lênin escreveu sobre o tema. E a terceira parte se refere ao Brasil, onde analisamos a conjuntura no último meio século, com ênfase no período do governo do Partido dos Trabalhadores, além de também abordarmos um tema bastante polêmico, que é o fato de acreditarmos que o Brasil reúne hoje as condições objetivas para a construção de um socialismo desenvolvido, ao contrário do que ocorreu na Rússia e na China.
Peso0.337 kg
Páginas

287

Autor

Edmilson Costa

Editora

Instituto Caio Prado Jr.

Comentários

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a comentar “A Crise Econômica Mundial, a Globalização e o Brasil”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *