Oferta!

Dom Quixote I

O primeiro volume, publicado em 1605, inclui os mais famosos episódios protagonizados – e hilariamente comentados – por D. Quixote e Sancho Pança: o nascimento do anti-herói, saído das fantasias de um fidalgo que enlouqueceu de tanto ler livros de cavalarias, sua carnavalesca “sagração” como cavaleiro, a batalha com os moinhos de vento, o combate com os exércitos de carneiros e um rosário duelos e desafios com os mais diversos e estranhos personagens, incluídos sangrentos odres de vinho.

O primeiro volume, publicado em 1605, inclui os mais famosos episódios protagonizados – e hilariamente comentados – por D. Quixote e Sancho Pança: o nascimento do anti-herói, saído das fantasias de um fidalgo que enlouqueceu de tanto ler livros de cavalarias, sua carnavalesca “sagração” como cavaleiro, a batalha com os moinhos de vento, o combate com os exércitos de carneiros e um rosário duelos e desafios com os mais diversos e estranhos personagens, incluídos sangrentos odres de vinho. Mas o romance encanta, acima de tudo, por seu modo ludicamente revolucionário de narrar, interpelando o leitor desde as primeiras linhas, expondo as supostas peripécias do próprio escrito, trabalhando verdades e ficções com fina e impagável ironia. O livro inclui também diversas histórias paralelas que se entrecruzam com as da dupla protagonista, entre elas a “Novela do Capitão Cativo”, considerado o texto mais autobiográfico de Cervantes, que recria episódios da guerra contra os turcos e do cativeiro em Argel que o autor de fato viveu. Também traz a história de Cardenio, o louco apaixonado, que impressionou profundamente Shakespeare, a ponto de ele escrever uma peça homônima, hoje desaparecida.

A obra-prima de Miguel de Cervantes é, ainda, unanimemente considerada um divisor de águas da literatura ocidental, uma criação que estabeleceu um novo marco de possibilidades, influenciando escritores como William Shakespeare, Laurence Sterne, Gustave Flaubert, Fiódor Dostoiévski, Hermann Melville, Machado de Assis, Franz Kafka, James Joyce, Thomas Mann, William Faulkner, Jorge Luis Borges, Mario Vargas Llosa.

Peso0.616 kg
Ano

2010

Páginas

704

Autor

Miguel de Cervantes Saavedra

Editora

Editora 34