Instrução Pública e Formação Moral – A Gênese do Sujeito Liberal Segundo Condorcet

A forma de legitimar o ensino obrigatório revela a concepção de pessoa e sociedade que vigora em um país. Este livro mostra com rigor e clareza a proposta do filósofo Condorcet (1743-94) para o ensino público da moral, revelando a força de um argumento a favor de uma formação racional e universalista. São apresentados aspectos instigantes de um ideário educativo forjado no momento mais radical da Revolução Francesa. O autor indica que estudos de pensadores iluministas, como Condorcet, tornam-se fundamentais para entendermos as inclinações das políticas educacionais recentes, e que não se pode discutir as propostas multiculturalistas atuais sem uma análise imparcial das concepções às quais elas se opõem.

R$26,00

Em estoque

A forma de legitimar o ensino obrigatório revela a concepção de pessoa e sociedade que vigora em um país. Este livro mostra com rigor e clareza a proposta do filósofo Condorcet (1743-94) para o ensino público da moral, revelando a força de um argumento a favor de uma formação racional e universalista. São apresentados aspectos instigantes de um ideário educativo forjado no momento mais radical da Revolução Francesa. O autor indica que estudos de pensadores iluministas, como Condorcet, tornam-se fundamentais para entendermos as inclinações das políticas educacionais recentes, e que não se pode discutir as propostas multiculturalistas atuais sem uma análise imparcial das concepções às quais elas se opõem.

Peso0.114 kg
Páginas

138

Autor

Sidney Reinaldo da Silva

Editora

Autores Associados

Comentários

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a comentar “Instrução Pública e Formação Moral – A Gênese do Sujeito Liberal Segundo Condorcet”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *