Josué de Castro e o Brasil

Especialistas das mais diversas áreas e instituições debatem a atualidade de Josué de Castro e de sua obra, cujo centro é a questão da fome no Brasil e no mundo e as formas de combater esse problema social gravíssimo. Textos de Manuel Correia de Andrade, José Graziano da Silva, Walter Belik, Maya Takagi, Humberto Costa, Malaquias Batista Filho, Luciano Vidal Batista, Djalma Agripino de Melo Filho, José Arlindo Soares, Paulo Santana, Renato Duarte, Michel Zaidan Filho.

 

Especialistas das mais diversas áreas e instituições debatem a atualidade de Josué de Castro e de sua obra, cujo centro é a questão da fome no Brasil e no mundo e as formas de combater esse problema social gravíssimo. Textos de Manuel Correia de Andrade, José Graziano da Silva, Walter Belik, Maya Takagi, Humberto Costa, Malaquias Batista Filho, Luciano Vidal Batista, Djalma Agripino de Melo Filho, José Arlindo Soares, Paulo Santana, Renato Duarte, Michel Zaidan Filho.

Apresentação
“Não foi na Sorbonne, nem em qualquer outra universidade sábia que travei conhecimento com o fenômeno da fome. A fome se revelou espontaneamente aos meus olhos nos mangues do Capibaribe, nos bairros miseráveis do Recife – Afogados, Pina, Santo Amaro, Ilha do Leite. Esta foi a minha Sorbonne”.

“O subdesenvolvimento não é, como muitos pensam equivocadamente, insuficiência ou ausência de desenvolvimento. O subdesenvolvimento é um produto ou um subproduto do desenvolvimento, uma derivação inevitável da exploração econômica colonial ou neocolonial, que continua se exercendo sobre diversas regiões do planeta”.

Estes dois trechos de obras de Josué de Castro, autor de clássicos como Geografia da fome e Geopolítica da fome, retratam a atualidade e a importância de suas idéias, que são discutidas neste livro por especialistas das mais diversas áreas e instituições.

Comentários

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a comentar “Josué de Castro e o Brasil”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *