Lógica Marxista e Ciências Modernas

Em Lógica marxista e ciências modernas, Moreno expõe a impossibilidade de haver pensamento marxista sem se considerar os avanços da psicologia e da epistemologia. Esse marxismo defendido por Moreno, na esteira de pensadores revolucionários como Engels, Lenin e Trotsky, é uma totalidade aberta, enriquecida tanto pela experiência da luta entre as classes quanto pelo desenvolvimento das ciências. Voltada para o diálogo com cientistas de outros campos, como Piaget, Lévi-Strauss e Darwin, esta obra procura reconstruir a história da lógica sob uma perspectiva diferente, demonstrando que o pensamento humano possui uma mecânica própria. Em base às descobertas das ciências contemporâneas, Moreno reafirma a validade do materialismo histórico e dialético de Marx e Engels.

Em Lógica marxista e ciências modernas, Moreno expõe a impossibilidade de haver pensamento marxista sem se considerar os avanços da psicologia e da epistemologia. Esse marxismo defendido por Moreno, na esteira de pensadores revolucionários como Engels, Lenin e Trotsky, é uma totalidade aberta, enriquecida tanto pela experiência da luta entre as classes quanto pelo desenvolvimento das ciências. Voltada para o diálogo com cientistas de outros campos, como Piaget, Lévi-Strauss e Darwin, esta obra procura reconstruir a história da lógica sob uma perspectiva diferente, demonstrando que o pensamento humano possui uma mecânica própria. Em base às descobertas das ciências contemporâneas, Moreno reafirma a validade do materialismo histórico e dialético de Marx e Engels.

Peso0.178 kg
Páginas

131

Autor

Nahuel Moreno

Editora

Sundermann

Comentários

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a comentar “Lógica Marxista e Ciências Modernas”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *