Materialismo e Dialética: Crise Teórica das Ciências da Natureza

No texto aqui publicado, G. Lukács trava uma memorável polêmica contra o existencialismo e, como parte dela, nos brinda com uma aula de dialética sobre a crise teórica das ciências da natureza, em especial a física. Acompanha este livro um excerto de Lênin sobre a crise da física contemporânea, que continua sendo importante em épocas em que cada nova descoberta como o caso do neutrino, por exemplo recoloca a mesma crise filosófica na esfera das ciências da natureza, retrato fiel do quanto é necessário retomar esses textos e aprofundar o debate sobre a dialética. Edison Salles escreve, ao final, uma Nota biográfica sobre Lukács que esclarece de forma notável a relação de Lukács com o stalinismo, mostrando a riqueza mas também os limites do pensamento de um autor.

R$21,00

Em estoque

No texto aqui publicado, G. Lukács trava uma memorável polêmica contra o existencialismo e, como parte dela, nos brinda com uma aula de dialética sobre a crise teórica das ciências da natureza, em especial a física. Acompanha este livro um excerto de Lênin sobre a crise da física contemporânea, que continua sendo importante em épocas em que cada nova descoberta como o caso do neutrino, por exemplo recoloca a mesma crise filosófica na esfera das ciências da natureza, retrato fiel do quanto é necessário retomar esses textos e aprofundar o debate sobre a dialética. Edison Salles escreve, ao final, uma Nota biográfica sobre Lukács que esclarece de forma notável a relação de Lukács com o stalinismo, mostrando a riqueza mas também os limites do pensamento de um autor.

Peso0.122 kg
Páginas

85

Autor

Gyorgy Lukács

Editora

Iskra/Centelha Cultural

Comentários

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a comentar “Materialismo e Dialética: Crise Teórica das Ciências da Natureza”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *