Midiático Poder – O Caso Venezuela e a Guerrilha Informativa

Há exatos cinco anos, em 11 de abril de 2002, numa ação liderada pelos grandes meios de comunicação, um fugaz golpe de Estado depunha o presidente eleito da Venezuela, Hugo Chávez. O presidente voltaria ao poder 47 horas depois, mediante mobilização popular em que os meios alternativos de informação exercem um papel central. Renato Rovai conta em detalhes o caso, que é exemplar para se compreender a estratégia de setores da sociedade para burlar a via democrática e fazer valer os seus interesses privados sobre os públicos, e também de como meios informativos modernos, como a internet, podem resgatar o sentido democrático da informação.

R$28,00

Apenas 2 em estoque

Há exatos cinco anos, em 11 de abril de 2002, numa ação liderada pelos grandes meios de comunicação, um fugaz golpe de Estado depunha o presidente eleito da Venezuela, Hugo Chávez. O presidente voltaria ao poder 47 horas depois, mediante mobilização popular em que os meios alternativos de informação exercem um papel central. Renato Rovai conta em detalhes o caso, que é exemplar para se compreender a estratégia de setores da sociedade para burlar a via democrática e fazer valer os seus interesses privados sobre os públicos, e também de como meios informativos modernos, como a internet, podem resgatar o sentido democrático da informação.

Peso0.243 kg
Páginas

166

Autor

Renato Rovai

Editora

Publisher

Comentários

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a comentar “Midiático Poder – O Caso Venezuela e a Guerrilha Informativa”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *