R. G. Collingwood

Muitos filósofos se interessavam por estética, mas Collingwood (1889 – 1943) foi um apaixonado pela arte: da pedra esculpida à poesia e a música. Ridley propicia o acesso a este instigante pensador da estética. O homem que via a arte como “o remédio da comunidade para a pior doença do espírito” era consciente de sua urgente importância – hoje amplamente ignorada.

Muitos filósofos se interessavam por estética, mas Collingwood (1889 – 1943) foi um apaixonado pela arte: da pedra esculpida à poesia e a música. Ridley propicia o acesso a este instigante pensador da estética. O homem que via a arte como “o remédio da comunidade para a pior doença do espírito” era consciente de sua urgente importância – hoje amplamente ignorada.

 

Peso0.063 kg
Páginas

66

Autor

Aaron Ridley

Editora

Unesp