A Questão Agrária no Brasil 8 – Debate Sobre a Situação e Perspectivas da Reforma Agrária na Década de 2000

O oitavo volume, que fecha a série A questão agrária no Brasil, reúne textos e ensaios sobre as perspectivas da reforma agrária na década de 2000, recolocando o debate sobre sua natureza a partir da nova realidade agrária hegemonizada pelo agronegócio.

O oitavo volume, que fecha a série A questão agrária no Brasil, reúne textos e ensaios sobre as perspectivas da reforma agrária na década de 2000, recolocando o debate sobre sua natureza a partir da nova realidade agrária hegemonizada pelo agronegócio.
Levando em conta que, na história da luta pela terra, houve vários tipos de reforma agrária em todo o mundo – sendo estes determinados pelo desenvolvimento das forças produtivas do capital e pela capacidade de organização dos trabalhadores, dos movimentos camponeses e de proletários rurais –, cabe agora ponderar qual deles resolveria os atuais problemas enfrentados pela população alijada do campo neste novo contexto: se a clássica não é mais possível, e a chamada reforma agrária de mercado já mostrou suas debilidades e seus reais interesses, o momento atual pede que nos detenhamos nas propostas populares de movimentos sociais como a Via Campesina e o MST.
Peso 0.285 g
Páginas

240

Autor

João Pedro Stedile (org.)

Editora

Expressão Popular