Oferta!

Educação Infantil Versus Educação Escolar? Entre a (Des)Escolarização e a Precarização do Trabalho Pedagógico nas Salas de Aula

No livro Educação infantil versus educação escolar é abordada a questão do por que subsistir, ainda, e com certa força, essa corrente pedagógica que insiste em considerar que a educação das crianças pequenas não deva se organizar segundo a forma escolar mas, diferentemente disso, deva se pautar por atividades livres que promovam o desenvolvimento espontâneo das crianças? Faz sentido essa dicotomia entre educação infantil e educação escolar? Afinal, por que, então, reivindicar a institucionalização da educação dessa faixa etária tradu­zida na luta pela implantação de creches e pré-escolas públicas?

No livro Educação infantil versus educação escolar é abordada a questão do por que subsistir, ainda, e com certa força, essa corrente pedagógica que insiste em considerar que a educação das crianças pequenas não deva se organizar segundo a forma escolar mas, diferentemente disso, deva se pautar por atividades livres que promovam o desenvolvimento espontâneo das crianças? Faz sentido essa dicotomia entre educação infantil e educação escolar? Afinal, por que, então, reivindicar a institucionalização da educação dessa faixa etária tradu­zida na luta pela implantação de creches e pré-escolas públicas?

Na linha do enfrentamento dessas questões a presente coletânea já antecipa no subtítulo, entre a (des)escola­rização e a precarização do trabalho pedagógico nas salas de aula o âmbito em que se movem as reflexões e análises desenvolvidas no livro: trata-se de assegurar uma escola de significativa qualidade educativa para as crianças das camadas populares, lutando decisivamente contra a precarização do trabalho pedagógico que, infelizmente, vem assolando a educação escolar em nosso país em todos os graus, ramos e modalidades de ensino.