Este livro “Eleanor Marx, filha de Karl – um romance”, de Maria José Silveira, que está sendo lançado pela Expressão Popular, foi publicado pela primeira vez pela editora Francis, em 2002, depois publicado no Chile e na Espanha. A autora é pioneira em trazer ao público brasileiro uma narrativa literária  sobre a vida da filha caçula da família Marx. Seu enfoque são os últimos nove meses de vida, na qual privilegia a fase mais doméstica e conturbada de Eleanor. Sobrecarregada com as demandas da relação afetiva com seu companheiro, Edward Aveling, ela deixa transparecer em suas cartas para amigos e familiares muitos dos sintomas de esgotamento nervoso responsável por sua última crise. No entanto, é justamente nessa fase que aparecem também balanços sobre os anos da infância e juventude, aproveitados e expandidos criativamente por Maria José em cartas ficcionais que “completam” lacunas da história possível de se acessar pelos documentos.

O livro traz a breve – mas intensa e surpreendente – vida de Eleanor Marx. Envolvida literalmente até os fios de cabelo em eventos históricos repletos de significado para o campo da esquerda – como a Comuna de Paris, a Primeira e a Segunda Internacional, a luta pela jornada de oito horas de trabalho, os primeiros passos das sufragistas e a publicação d’O capital –, sua trajetória é uma fonte riquíssima para conhecer mais detalhes sobre a família Marx, o histórico de luta dos trabalhadores por seus direitos e, em especial, as inspiradoras atitudes de uma mulher que ousou, como dizia seu próprio lema, “ir adiante” e levar consigo as demandas de milhões de subrepresentados.

Peso 0.187 kg
Dimensões 14 × 21 × 2 cm
Páginas

Autor

Maria José Silveira

Editora

Expressão Popular