Literatura e marginalidade

Brasil e Angola possuem muito mais do que o idioma em comum. Ambos têm suas sociedades marcadas pela grande desigualdade social, resultado do passado colonial no qual estavam submetidos a Portugal e consolidado pelas elites que conduziram a história dos dois países.

R$48,00

Em estoque

O cotidiano das classes marginalizadas no Brasil e na África abordados e comparados pela literatura
Brasil e Angola possuem muito mais do que o idioma em comum. Ambos têm suas sociedades marcadas pela grande desigualdade social, resultado do passado colonial no qual estavam submetidos a Portugal e consolidado pelas elites que conduziram a história dos dois países.
Esse contexto histórico não deixou de influenciar a produção literária de certos autores nesses dois países. Em Literatura e Marginalidade Vima Lia Martin traz ao leitor o diálogo entre duas importantes obras, Malagueta, Perus e Bacanaço, do brasileiro João Antônio, e Luuanda, do angolano Luandino Vieira. Escritas há mais de quarenta anos, ambas apresentam uma atualidade surpreendente.
Através delas, os autores trazem para a literatura a dura realidade das camadas marginalizadas de Brasil e Angola, problematizando e denunciando – cada um a seu modo – os valores que sustentam a desigualdade social de ambos os países, desestruturando os discursos e as práticas autoritárias colocadas em prática pelas elites. Em suma, desnuda esse descompasso existente entre a norma institucionalizada e a conduta do corpo social que, de algum modo, não a reconhece como legítima.
O sentido desse diálogo proposto pela autora é justamente de comparar esses discursos literários contestadores que dão forma e amplificam o grito dos excluídos. Um diálogo descolonizado que, ao aproximar projetos ficcionais engajados, formulados em língua portuguesa, busca não apenas contribuir para nossa percepção de paralelos sociais e culturais mas, principalmente, ampliar nossa capacidade de apreender as experiências alheias como parte constitutiva de nossa própria humanidade.
 
A autora: Vima Lia Martin é professora de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa na Universidade de São Paulo.
Peso 0.315 kg
Ano

Edição

Páginas

Autor

Vima Lia Martin

Editora

Alameda