Oferta!

São Paulo restaurada

No ano de 1765, após 17 anos sob a administração do Rio de Janeiro, São Paulo foi restaurada enquanto capitania-geral. Visando não só as necessidades de ocupação territorial, defesa das fronteiras e centralização administrativa, mas, igualmente, o estímulo e o incremento econômico da capitania, tal fato se insere nos quadros de uma renovada política portuguesa para suas conquistas.

R$68,00 R$54,40

Em estoque

REF: 9788579393853 Categorias: , ,

No ano de 1765, após 17 anos sob a administração do Rio de Janeiro, São Paulo foi restaurada enquanto capitania-geral. Visando não só as necessidades de ocupação territorial, defesa das fronteiras e centralização administrativa, mas, igualmente, o estímulo e o incremento econômico da capitania, tal fato se insere nos quadros de uma renovada política portuguesa para suas conquistas. Na execução dos planos determinados para a capitania paulista, foram indispensáveis a diligência dos governadores enviados para dirigi-la e a participação da elite colonial. Este livro, fruto de pesquisa ampla e cuidadosa, desvenda as questões e as dificuldades surgidas da relação desses governantes com uma elite não homogênea e muitas vezes refratária às mudanças que se queriam implementar. Com escrita solta e inventiva, por meio de uma narrativa cativante, Pablo Mont Serrath revela, ainda, as estratégias pelas quais a Coroa portuguesa procurou efetivar os seus desígnios: tendo que vigiar seus governadores, cooptar os habitantes locais e superar os obstáculos impostos por um império transcontinental espalhado pelas mais diversas e longínquas partes do globo terrestre.

 

Capa comum: 316 páginas

Editora: Alameda Editorial (1 de outubro de 2017)

Idioma: Português

ISBN-10: 857939385X

ISBN-13: 978-8579393853

Dimensões do produto: 16 x 1 x 23 cm

 

Peso de envio: 599 g

Peso 0.59900 kg
Dimensões 23 × 16 × 1 cm
Editora

Alameda